11/09

O Santuário

Santuário de Fátima em Brasília

                   Engenheiro Gyula Schwab

 

O Santuário de Nossa Senhora de Fátima, em Brasília, é uma igreja diferente de qualquer outra igreja do Brasil ou do mundo. Não é de estilo romano, nem do estilo gótico,  nem de estilo barroco e nem de outro estilo convencional.

É uma igreja de arcos abaulados, transversais e em sequência de nove módulos.

O arco frontal é imponente, com abóbada toda de concreto armado e 17m de altura, , sustentada por quatro pilares. O arco é aberto de frente e de lado, formando  uma área com um átrio de 6X27,  ligando o arco frontal com o corpo da igreja por meio de uma parede com  janelão arredondado, com  grande portal no meio da parede e em cima do portal, uma imagem pintada de Nossa Senhora de Fátima. Por cima do arco erige-se uma torrezinha em cone, encimada pela cruz.

O corpo da Igreja constitui-se por oito módulos, em arcos abaulados, com 7 metros de largura e 27 de extensão, todos eles de concreto armado.

Cada arco consta de pilares, vigas e abóboda. - Os pilares são expostos e salientes, ligados no alto  por vigas de concreto e ligados entre si, sob a terra, de um lado e do outro, igualmente por grossas vigas de concreto - As vigas do alto são arqueadas, expostas e salientes, sustentando as abóbodas e fazendo um todo com elas. - As abóbadas são transversais, em arco e abauladas, com 7 metros de largura e 27 de extensão, todas elas de concreto armado

Nas paredes laterais dos arcos figuram vinte quatro janelas, em forma de triângulo agudo, com lindos vitrais coloridos, representando três símbolos, alternados e sucessivos: terra, mar e céu. -No centro das paredes laterais, há três portas de cada lado.

O presbitério é bem amplo, com abóboda arredondada, com janelão também arredondado, de vitrais coloridos, formando um lindíssimo e empolgante painel, que representa a ressurreição do Senhor, irradiando do centro para todos os lados lindas cores e raios, que extasiam e encantam. - As mães de Brasília, tendo à frente Yiolanda Costa e Silva, esposa do Presidente João Goulart, fizeram uma campanha para custear o painel.

O presbitério foi divido ao meio no sentido transversal, por uma parede arredondada, com dois metros de altura, um lindo painel franciscano com São Francisco e Santa Clara.

Em frente dessa parede, situa-se o presbitério propriamente dito, com sete metros de fundo e 18 de largura; com altar de celebrações, castiçais, ambão, credencia e cadeiras para os padres e ministros.

Atrás da parede situa-se a capela-mor, ostentando um artístico sacrário dourado e iluminado, com altar da celebração, ambão e credencia, com capacidade de acolher 100 pessoas para as missas semanais.

O lado direito, encorpada com a capela-mor, está a secretaria com lojinha de artigos religiosos; e ao lado esquerdo, estão a sacristia e uma sala de confissões e de atendimentos.

À direita e à esquerda do presbitério propriamente dito, em 1970, foram feitos dois altares laterais, um para o Sagrado Coração de Jesus e outro para Nossa Senhora de Fátima. A imagem de Nossa Senhora de Fátima, aí exposta e venerada, tem sua historia e é uma preciosa relíquia. A imagem de Fátima tem 2,50m de altura, foi esculpida em cedro brasileiro, num bloco inteiriço, feita pelo famoso escultor português José Ferreira Thedin, oferecida pelo governo e imprensa de Portugal, e entregue oficialmente ao Presidente da República Juscelino Kubitscheck de Oliveira, para ser colocada no santuário de Fátima em Brasília, sendo essa imagem então considerada pela imprensa “uma obra prima de graça, beleza e perfeição”.

O grande crucifixo de madeira, venerado no interno da entrada do santuário, foi esculpido pelo célebre escultor Godofredo Thaler de Treze Tilias, SC, e adquirido em 1980, por ocasião do Congresso Eucarístico Nacional.

O santuário de Fátima é de amplas dimensões. Comporta mais de 800 pessoas sentadas. Várias vezes nossa igreja acolheu 1.100 pessoas para celebrações ocasionais.

O santuário de Fátima mede 77 metros de comprimento de 37 de largura. Em 2008, no fundo do santuário, foi construído um adendo  funcional: sala do pároco, três salas para reuniões pastorais e banheiros públicos, masculinos e femininos. Era uma necessidade.

 

O projeto de construção foi feito pelo arquiteto Gyula Schwab, originário da Hungria. O Engenehiro foi o construtor........................... O piso é um piso especial, projetado pelo engenheiro Marcelino Bianchini. É piso romano, feito de granitina com cacos de mármore pulidos. O piso está se conservando bem por longos anos.

A construção do santuário começou em 1963. O lançamento da primeira pedra foi um grande evento para Brasília. Aconteceu no dia 13 de outubro de 1963, no dia das última aparições de Fátima, precisamente dia 13 de outubro de 1817.

O lançamento da primeira pedra foi bento por Dom José Newton  de Almeida Batista, Arcebispo de Brasília, com a presença do Presidente da República João Belchior  Marques Goulart, com os paraninfos senadores Juscelino Kubitscheck de Oliveira  e Ermínio de Morais, com o governador do Distrito Federal Dr. Ivo de Morais, com a presença de diversos deputados e milhares de pessoas que vieram da Igrejinha, trazendo a imagem de Nossa Senhora de Fátima, ao longo das ruas até o santuário.

No lançamento da primeira pedra foram depositados diversos documentos. Nesta ocasião o Arcebispo de Brasília confiou aos Capuchinhos a Paróquia de Nossa Senhora de Fátima de Brasília, in perpetuum e ad nutum Sanctae Sedis.

Quem iniciou a construção foi o Frei Miguel de Soledade. Os recursos eram poucos. Faziam-se churrascos, almoços e rifas, doações e empréstimos, para angariar fundos. Ano após ano, foram surgindo arco após arco. Em maio de 1967, foi concluída a concretagem do último arco. De fato foi um trabalho penoso e demorado. Mas no fim tudo deu certo.

Os Freis que mais trabalharam para a construção do Santuário foram: Frei Miguel de Soledade (Avelino Rossetti), Frei Amadeu Antônio Semin, Frei Rodolfo José Bianchi, Frei Odorico Dalmolin e Frei Sílvio Armiliato.

Em maio de 1967, foi feita a primeira Missa Solene, celebrada por Dom José Newton, dando a bênção ao santuário ainda em construção. Nesta ocasião falou o Dr. Adroaldo Mesquita da Costa, Procurador Geral da República.

A paróquia de Nossa Senhora de Fátima, como paróquia, foi a primeira a ser criada no Plano Piloto, a 02 de fevereiro de 1959, por Dom Fernando Gomes dos Santos, Arcebispo de Goiânia, que então exercia jurisdição em Brasília..  A paróquia funcionou inicialmente na Igrejinha, mas com proposta de construção de uma sede mais ampla, no SGAS – Quadra 906 – DF.

A paróquia Nossa Senhora de Fátima de Brasília com seus Conselhos de Pastoral e de Administrativo, com seu salão paroquial e várias salas, oferece para Brasília bons serviços religiosos e pastorais: missa, batizados, casamentos, confissões e atendimento personalizado, Catequese, Curso de noivos, Encontro de Pais e Padrinhos, Escola de Bíblia, movimentos e associações, grupo de jovens, eventos sociais, confraternizações, Vicentinos, Ação Sócio-transformadora, Pronto Socorro Espiritual-PROSE, Terapia Comunitária, Corte e Costura muito atuante por longos anos, Grupo de Senhoras que confeccionam enxovais para crianças carentes.

O santuário de Fátima muitas vezes é procurado, como espaço bem amplo e adequado, para celebração de eventos, Ordenação de Bispos, Encontros de Movimentos ou Associações, Equipes de Nossa Senhora, especialmente Missas de Formatura ou Culto Ecumênico, o que está acontecendo quase todas as semanas ao longo de todo o ano e até várias vezes por semana; bem como festas, eventos e confraternizações no Salão Paroquial.

 

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

Mais nesta categoria:
Paróquia Nossa Senhora de Fátima © 2018 Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Desenvolvido por Trídia Criação